Assaltante que havia sido preso com fuzil é morto em cadeia de Caucaia. “Marquinho Noé”.

Um dos acusados de participar do assalto ao Banco do Brasil de Milhã, ocorrido mês passado, foi morto na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) de Caucaia, no último domingo, 2. Marcos Antônio da Silva, 29 anos, conhecido como “Marquinho Noé”, foi preso em uma operação policial no último dia 16, no bairro Monte Castelo. Com ele, a Polícia apreendeu um fuzil.

Segundo informações da Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), Marcos Antônio foi morto com golpes de cossoco no banheiro coletivo da unidade. O corpo foi encontrado na manhã de domingo, por volta de 8 horas, quando teve início o horário de visitas.

Ainda conforme a secretaria, o preso havia sido transferido para a CPPL de Caucaia na última sexta-feira, 31. Antes, Marcos Antônio estava detido na Delegacia de Capturas, em Fortaleza. Não há informações sobre autoria do crime.

De acordo com a Polícia Civil, o preso respondia pelos crimes de assalto, sequestro, roubo de carro e tráfico de drogas. O acusado teve passagem por, pelo menos, seis delegacias.

Assalto em Milhã
A ação criminosa contra o Banco do Brasil do município de Milhã, a 301 quilômetros de Fortaleza, aconteceu por volta de 2h30min do dia 2 setembro. Os assaltantes utilizaram dinamites para explodir os caixas eletrônicos. A agência ficou totalmente destruída.

 

Fonte: OpovoOnline

Comentários

Comentários

Mostre mais

Berg Pinheiro

Cearense nascido em Senado Pompeu no Ceará em 1988,foi radialista atualmente editor do Site Ceará Noticia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios