Gafes marcam lançamento do Brasil Medalhas

Dilma durante o lançamento do plano Brasil Medalhas 2016 / Alan Marques/Folhapress

Dilma quis homenagear três técnicos durante seu discurso, mas somente um estava presente na solenidade

Durante o lançamento do plano Brasil Medalhas 2016, nesta quinta-feira, em Brasília (DF), a presidente Dilma Rousseff acabou cometendo algumas gafes. Ao fim de seu discurso, ela quis homenagear três técnicos brasileiros, no entanto, apenas um estava presente na solenidade.

Dilma disse que havia conversado por telefone com o técnico da Seleção Brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, quando o Brasil ganhou a medalha de ouro na Olimpíada de Londres. Ao pedir que o treinador levantasse, viu que ele não estava presente e acabou cobrando o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman.

“O Nuzman me garantiu que ele (Zé Roberto) estava aí. Cadê ele? Outras pessoas me disseram que o viram”, disse Dilma, visivelmente insatisfeita.

Em seguida, a presidente chamou por Letícia Pessoa, técnica da dupla de vôlei de praia, Alison e Emanuel. Mais uma ausência. Somente na terceira tentativa, Dilma obteve sucesso ao pedir a presença do técnico da Seleção Brasileira de futebol de 5, Ramon Pereira.

“Esse veio. Ao citar esses três técnicos, faço uma homenagem a um conceito, o de equipe. Nesse processo, o treinador é fundamental”, disse a presidente.

Antes das ausências dos treinadores, Dilma cometera outra gafe. No início do seu discurso, quando citava as autoridades presentes no evento, ela confundiu o sobrenome do ministro do Esporte. Em vez de Aldo Rebelo, chamou o dirigente de Aldo Rabelo.

Fonte: Band

Comentários

Comentários

Mostre mais

Berg Pinheiro

Cearense nascido em Senado Pompeu no Ceará em 1988,foi radialista atualmente editor do Site Ceará Noticia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios