Santos vence e tira o Vasco do G-4

Miralles marcou os dois gols da vitória sobre o Vasco / Ricardo Saibun/Agif/Folhapress

Peixe bate o Gigante da Colina por 2 a 0 na Vila e ajuda o rival São Paulo a entrar na zona de classificação para a Libertadores

No Brasileirão, o Santos faz as contas somente para saber quando vai entrar de férias. E neste domingo o Peixe somou mais três pontos e ficou mais tranquilo na tabela, ao vencer o Vasco por 2 a 0 na Vila Belmiro. De quebra, de uma ajuda e tanto para o rival São Paulo, que bateu o desesperado Figueirense no Morumbi e torcia para o Gigante da Colina não triunfar na Baixada Santista para entrar no G-4. Com isso, o time carioca deixa a zona de classificação para a Libertadores após 53 rodadas seguidas entre os quatro primeiros.

Com o resultado, o Santos chega aos 41 pontos, praticamente no meio do caminho entre o G-4 e a zona de rebaixamento. Já o Vasco – que não teve Juninho Pernambucano, vetado após sentir dores, e Dedé, com a Seleção – cai para quinto lugar, estacionado nos 50 pontos, dois a menos que o São Paulo.

Sem Neymar, o Santos – que estreou novo uniforme listrado – teve Miralles em grande dia. O argentino marcou os dois gols da vitória na Vila Belmiro. Nem deu para sentir saudade de Neymar e André.

O jogo

Enganou-se quem pensou que com três volantes – Adriano, Arouca e Henrique – o Santos teria problemas na armação. Com muita movimentação de Miralles, liberdade para Arouca e atuação inspirada de Felipe Anderson, o time de Muricy Ramalho surpreendeu os cariocas. O Peixe explorava também os espaços pelos lados, sobretudo nas costas de Wendel, com as descidas de Bruno Peres.

Bill, apesar de centroavante, caia pelos lados e abria espaços para Miralles. Foi assim, inclusive, que o argentino abriu o placar, aos oito minutos do primeiro tempo, quando recebeu passe açucarado do camisa 9 e bateu na saída de Fernando Prass.

O Vasco quase não incomodava o goleiro Rafael. A equipe trocava passes, mas tinha dificuldades para invadir a área do Santos, que marcava bem, com Adriano à frente dos zagueiros Durval e Bruno Rodrigo.

Deu para contar nos dedos as chances de gols criadas pelos cariocas. Mesmo em desvantagem no placar, o Gigante da Colina pouco finalizou a gol. No primeiro tempo, a única boa chance saiu dos pés de Carlos Alberto, que girou para cima da marcação de Bruno Rodrigo e chutou forte, por cima do gol de Rafael.

A tônica do primeiro tempo persistiu na etapa final. Inclusive com roteiro parecido: gol de Miralles logo no começo. No primeiro minuto, ele recebeu excelente passe de Felipe Anderson e chutou forte para ampliar.

O gol foi um banho de água fria no Vasco, que passou a maior parte da etapa final com a bola nos pés, mas, com criatividade quase nula, pouco fez. As entradas de Marlone, John Cley e Pipico pouco mudaram na abatida equipe de Marcelo Oliveira, que seguiu apática até o apito final.

Na próxima rodada, o Santos encara o Atlético-MG, quarta-feira, na Vila Belmiro. Já o Vasco tem clássico contra o Botafogo, quinta, no Engenhão.

FICHA TÉCNICA

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Asp/Fifa – DF). Assistentes: Roberto Braatz (Fifa – PR) e Thiago Gomes Brigido (Asp/Fifa – GO)
Renda/Público: 6.555/R$105.170,00
Cartões Amarelos: Henrique e Rafael (SAN), Nilton e Fellipe Bastos (VAS)

Gols: Miralles, aos 9 minutos’/1ºT (1-0) e 1’/2ºT (2-0)

SANTOS (2)
Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Henrique (Gerson Magrão, 22´ / 2ºT) e Felipe Anderson; Bill e Miralles (Patito Rodríguez, 37´/2ºT) Técnico: Muricy Ramalho.

VASCO (0)
Fernando Prass, Jonas (Pipico, 34´/2ºT) Douglas, Rodolfo, Wendel; Nilton, Felipe Bastos, Felipe (John Cley, 21´/2ºT) e Carlos Alberto (Marlone, 12´/2ºT); Éder Luís e Alecsandro. Técnico: Marcelo Oliveira.

Fonte: Band

Comentários

Comentários

Tags
Mostre mais

Berg Pinheiro

Cearense nascido em Senado Pompeu no Ceará em 1988,foi radialista atualmente editor do Site Ceará Noticia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios