Policial Civil é assassinado com sete tiros em Senador Pompeu, um suspeito ja foi preso.

O inspetor da Polícia Civil José Cláudio Nogueira, 51 anos, lotado na Delegacia Regional de Senador Pompeu, foi mais uma vítima da violência contra agentes de segurança pública do Ceará. Investigações iniciais apontam que o policial tenha sido vítima de uma emboscada, ação premeditada.

Claudio Nogueira seguia em seu automóvel com a esposa pela CE-166, no distrito de Inharé, em Senador Pompeu, quando ao passar em “tartarugas” (redutor de velocidade) na rodovia foram surpreendidos por dois elementos, que já chegaram atirando. Os criminosos estavam em uma motocicleta e fugiram após a ação, sem deixar vestígios.

Segundo o 9º Batalhão da Polícia Militar, Claudio Nogueira foi atingido com sete tiros, principalmente na parte do tórax, ainda com vida, foi socorrido ao Hospital Municipal de Senador Pompeu, mas não resistiu e veio a óbito.

O Policial Civil estava afastado do exercício da profissão por ser candidato a vereador, no município de Quixeramobim. Nogueira já havia sido eleito em Eleições passadas.

A esposa do agente de segurança pública não sofreu nenhuma lesão, provando assim, que os bandidos tinham o policial como alvo.As investigações serão conduzidas pela Delegacia Regional de Senador Pompeu;

Em nota, a SSPDS afirma que as Polícias Civil e Militar seguem em diligências para identificar e prender os autores do homicídio. “A SSPDS e suas vinculadas lamentam profundamente a perda do policial e se solidarizam com os familiares e amigos do inspetor, ao passo que ressaltam que empregarão todos os esforços para prender os envolvidos no crime”.

PRISÃO 

A polícia confirmou a prisão de um suspeito de ter assassinado o policial civil, ex-vereador e atual candidato ao cargo em Quixeramobim, José Cláudio Nogueira, 51 anos, na noite deste sábado, 20, no município de Senador Pompeu.

Segundo o Delegado Regional de Polícia Civil de Senador Pompeu, Jéferson Lopes Custódio, o mesmo disse ao jornal Diário do Nordeste , que conseguiu prender na tarde deste domingo, 21, na localidade de Amanaju, na zona rural de Senador Pompeu, um homem suspeito de ter assassinado o policial com cerca de sete tiros de arma de fogo. Segundo o delegado, uma das linhas de investigação tem a ver com a morte de um homem no início do ano, suspeito de vários crimes em Senador Pompeu. Para o delegado, a família dele teria passado a apontar Cláudio como autor e devido a isso o policial estaria sofrendo ameaças de morte.

A identificação do acusado não foi revelada para não atrapalhar as investigações, mas segundo o delegado durante a entrevista ao jornal, o mesmo mora em Fortaleza e pertence à família do homem morto no início do ano. Ele também foi visto transitando em Senador Pompeu, justo após o assassinato de Cláudio.

Comentários

Comentários

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios