Quixeramobim é esquecido na nova reestruturação da polícia do Ceará

Foto: osertaoenoticia.com

A mensagem 7.399 do Poder Executivo criando a nova Lei de Organização Básica da Polícia Militar do Ceará (LOB/PMCE) foi aprovada na manhã desta quarta-feira, 22, nas comissões técnicas e no plenário da Casa.

A nova lei deverá criar o Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) e o Comando de Policiamento Especializado (CPE). A Capital e Região Metropolitana passarão de dois batalhões e 11 companhias para cinco batalhões e 20 companhias. O Comando de Policiamento da Capital (CPC) passará a ser responsável pelo policiamento ostensivo apenas em Fortaleza, sem a Região Metropolitana. Os municípios de Aracati, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Icó, Várzea Alegre, Mombaça, Senador Pompeu e Parambu, Redenção, Guaramiranga, Pentecoste, BoaViagem, Santa Quitéria, Nova Russas, Massapê, Paracuru e Acaraú, receberão novas Companhias.
O município de Quixeramobim ficou esquecido pelo governo. Mesmo com o sonho de se tornar uma companhia, o risco de voltar a ser um pelotão volta a assombrar a população da terra de Antônio Conselheiro. Em 1999 Quixeramobim possuía um destacamento com 18 policiais, sendo ainda naquele ano elevado a condição de pelotão tendo seu efetivo ido a 30 policiais. Em 2006 Quixeramobim passou a condição de Companhia provisória, chegando a ter um efetivo de 51 homens. Com aprovação da LOB/PMCE, um dos maiores municípios do estado poderá regredir a condição de Pelotão e ter seu efetivo reduzido a 30 homens.  Familiares de policiais se mostram preocupados com o descaso que vem sendo tratada a segurança pública no município de Quixeramobim.  Segundo a esposa de um dos policiais que não quis se identificar, a mesma lamentou o tratamento dado ao município na área de segurança pública. Em conversa com a nossa reportagem disse que é comum a transferência de policiais para outros municípios enquanto a zona rural vem sofrendo com a ação dos bandidos. “Nenhuma autoridade está preocupada com o nosso interior, os bandidos estão invadindo a zona rural enquanto os nossos policiais saem para localidade menores em outros municípios. É lamentável um distrito como São Miguel não ter um destacamento, lá a população vem sofrendo a anos com esse descaso e no lugar de avançarmos estamos é regredindo”, completou.
Com a LOB/PMCE, municípios de menor porte como Várzea Alegre (38.434 habitantes em uma área de 835,705 km²), Senador Pompeu (26.469 habitantes em uma área de  956,122 km²)  passarão a se tornar companhia. Quixeramobim que segundo dados do censo 2010, 71.887 habitantes em uma área territorial de 3.330,068 km², ficará dependendo das companhias de Senador Pompeu ou do novo batalhão de Quixadá para um reforço policial. Hoje o município conta com um efetivo de 43 policiais, sendo vários deles transferidos para atender outras cidades. Neste caso apenas três PMS do Policiamento Ostensivo Geral, que atende toda a área urbana e rural, fazem o policiamento por turno. Se acontecer de Quixeramobim voltar a ser pelotão, este efetivo poderá ser reduzido para 30 policiais do P.O.G. O grande prejudicado é a população do interior que continuará com um atendimento precário, principalmente devido a grande quantidade territorial ao qual o município possui. Somente uma viatura da PM pode atender estas ocorrências, ocorrendo assim uma demora maior a população da zona rural.
Fonte: Fernando Ivo ( osertaoenoticia.com)

Comentários

Comentários

Mostre mais

Berg Pinheiro

Cearense nascido em Senado Pompeu no Ceará em 1988,foi radialista atualmente editor do Site Ceará Noticia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios